1 de abr de 2010

EMENDA PARLAMENTAR

Emenda Parlamentar para a Rede de Atenção Básica à
Saúde
Deputado Federal Eliseu Padilha Disponibilizou para Canoas Emenda Parlamentar no Valor de R$ 150.000,00(cento e cinqüenta mil reais), constante no Orçamento Geral da União de 2010, para a Estruturação da Rede de Serviços de Atenção Básica de Saúde (emenda nº 34030006), a referida emenda vem de encontro à solicitação do PMDB de Canoas em parceria com o PMDB Mulher e o PMDB Sênior, buscando apoio e melhorias as bases da comunidade Canoense, ou seja, a rede básica de Saúde Municipal.
Informou Marco Rosa
__________________________________________

Está selada a aliança entre PMDB e PDT.
Está selada a aliança entre PMDB e PDT. Na presença de líderes e de correligionários de ambos os partidos, o presidente do PMDB/RS, senador Pedro Simon, abriu o encontro de celebração da coligação realizado nesta quinta-feira, 25, em Porto Alegre, afirmando que essa parceria representa o início de uma jornada que vai marcar a história do Rio Grande do Sul. “Essa coligação foi trabalhada, aprofundada e discutida, mas valeu a pena, pois com ela vamos dar uma aula de civismo e dignidade para todo o Brasil”, declarou Simon.
Além de comemorar a aliança com os pedetistas, Simon destacou que o partido está aberto para conversar com outras legendas que tenham interesse em comum, como por exemplo, o PTB. “Estamos de braços abertos esperando o PTB do Zambiasi”, bradou o senador.
O segundo pronunciamento da noite ficou por conta do presidente estadual do PDT, Romildo Bolzan Júnior. O líder pedetista garantiu que depois de um ano de debate e de amadurecimento, hoje o seu partido está pronto para enfrentar o processo eleitoral com qualidade política. Assim como Simon, Bolzan também demonstrou interesse em abrir a aliança para outros partidos. Para ele, o PSB e o PcdoB são fundamentais para o processo. “O PTB tem a sua vaga e espaço garantido, mas queremos também PSB e PCdoB”, defendeu.
O deputado federal Pompeo de Mattos – indicado pelo PDT para ser o vice na chapa ao lado de José Fogaça – disse que para esta eleição a legenda não priorizou candidato, mas um projeto. “O partido me chamou para essa responsabilidade e eu assumi em nome de uma causa, de um projeto e de uma construção”, garantiu.
O ex-governador Germano Rigotto, que durante o evento recebeu o apoio dos pedetistas para concorrer ao Senado, elogiou o trabalho de Fogaça frente a prefeitura da Capital e afirmou que José Fortunati dará continuidade a boa administração que foi consolidada nos últimos anos.
Harmonia pelo Rio Grande
Ao encerrar o encontro, o pré-candidato José Fogaça confidenciou aos presentes que considera a sua disputa ao Governo do Estado a mais importante tarefa e a maior responsabilidade política que recebeu em toda a sua vida. “Recebo essa tarefa sem ódio e sem medo, e pronto para a luta”, garantiu.
A exemplo do governo Germano Rigotto, Fogaça disse que frente ao comando do Estado priorizará o diálogo e o debate para garantir a harmonia e o desenvolvimento do Rio Grande do Sul. “De fato Rigotto, no teu governo deste uma grande lição, uma lição de convivência e de integração, de respeito a uma covergência democrática de partidos, não tem sido outro meu esforço ao longo destes cinco anos”, e arrematou: “Hoje estamos contruindo uma aliança não apenas para uma luta e para um processo eleitoral. Estamos contruindo uma aliança para construir um novo bloco de esperança e de maturidade para mudar a história do Rio Grande, para garantir um ambiente de paz”.
O encontro que selou a aliança entre PMDB e PDT contou com a presença do vice-prefeito de Porto Alegre, José Fortunati, de deputados estaduais, federais, secretários municipais e vereadores de ambas legendas.
Confira o documento assinado pelos partidos
Acordo de Celebração de Coligação 2010
As direções estaduais do Partido do Movimento Democrático Brasileiro – PMDB e do Partido Democrático Trabalhista – PDT, aqui representados por seus respectivos Presidentes Estaduais, resolvem, de comum acordo, celebrar coligação para o Governo do Estado do Rio Grande do Sul e ao Senado Federal, nos termos seguintes:
1 – Ambos os partidos concordam com a desincompatibilização do Prefeito José Fogaça para concorrer ao cargo de Governador, assumindo como titular da Prefeitura de Porto Alegre o atual Vice Prefeito José Fortunati, em razão do acordo acima referido, e nos termos do compromisso firmado entre os dois partidos de preservação e continuidade do projeto político e da base de apoio que constituiu o Governo Municipal de Porto Alegre;
2 – O acatamento ao nome indicado pelo PDT, Deputado Federal Pompeo de Mattos, para ocupar a candidatura no cargo de Vice Governador;
3 – Uma das vagas ao Senado será oportunamente definida de comum acordo entre as direções partidárias, ficando a segunda vaga para uma possível ampliação da aliança, o que será definido também de comum acordo;
4 – A disposição de buscar a ampliação da coligação, de construir a coordenação da campanha e de estruturar o programa de governo sempre de comum acordo, inclusive no que diz respeito a propaganda eleitoral preservando-se o quanto possível ao PDT o tempo de rádio e TV definido pela legislação eleitoral.
5 – Equivalência política na proporcionalidade da condução e execução das políticas públicas governamentais, associada ao programa de governo, aos compromissos assumidos com a população durante a campanha já referida disposição para ampliarmos a coligação.
Porto Alegre, 25 de março de 2010.

-------------------------------------------------------------------------------_

Nenhum comentário:

Postar um comentário