23 de nov de 2011

TCE aprova contas da Câmara de Vereadores de Canoas

Porto Alegre – A Primeira Câmara do Tribunal de Contas do Estado do Rio Grande do Sul analisou as contas da gestão fiscal da Câmara de Vereadores relativas ao ano de 2010, quando a Casa esteve sob o comando do Vereador Cezar Mossini (PMDB – foto). Seguindo orientação do relator, conselheiro Marco Peixoto, a Corte decidiu “emitir, por unanimidade, parecer pelo atendimento à Lei de Responsabilidade Fiscal (Lei Complementar Federal 101/2000), por parte do referido Administrador”. O único senão foi uma advertência para a observância rigorosa dos prazos estabelecidos para a publicação dos Relatórios de Gestão Fiscal. Participaram do julgamento os conselheiros Algir Lorenzon e Marco Peixoto, mais a substituta Rozangela Motiska Bertolo.

22 de nov de 2011

Jantar Baile dia 02/12/2011 - 20h na Liga Rua A.J.Renner,

Convite
O PMDB de Canoas convida a todos os setores partidários, seus pré candidatos, filiados, simpatizantes e imprensa para grande CONFRATERNIZAÇÃO DE FINAL DE ANO com Jantar Baile no dia 02/12/2011 Sexta-feira a partir das 20 horas na Liga Canoense de futebol Rua A.J.RENNER, nº 1111


Convites para o Jantar Baile R$ 15,00 pagos antecipadamente na Sede do partido contatos com Marcinho ou Cris à tarde pelo Fone 30596032 ou 34726031.

(pagamentos devem ser feitos até dia 1/11)

Traga seus amigos e simpatizantes venha comemorar conosco este final de ano.
Abraços e Saudações Peemedebistas

Executiva do PMDB de Canoas


21 de nov de 2011

Congresso Estadual define bandeiras de atuação do PMDB

O Congresso Estadual do PMDB Gaúcho realizado na manhã deste sábado, 19, na Câmara de Vereadores de Porto Alegre, aprovou, por unanimidade, a aprovação de 15 propostas que a partir de agora permearão a atuação partidária. São destaques o exercício de uma oposição construtiva e coerente ao Governo do Estado, a fiscalização responsável ao Governo Federal, o trabalho pela produção agrícola com respeito ao meio ambiente e a luta pela distribuição justa dos royalties do petróleo.
Ao apresentar os números finais da série de encontros “O PMDB que eu quero”, o secretário-geral do PMDB/RS, João Alberto Machado, afirmou que 2011 foi um ano de alinhamento do projeto político do partido. “A proposta do PMDB que eu quero objetivou o diálogo com as bases e a redefinição das nossas bandeiras que irão nos orientar a partir das eleições de 2012.

O presidente estadual, Ibsen Pinheiro – que repassou ao senador Pedro Simon a tarefa de fazer o encerramento oficial do Congresso – fez a conclusão do trabalho de 2011 através da carta “O Brasil que queremos”. No documento Ibsen faz um apanhado histórico da trajetória do partido, lembrando da contribuição da sigla para a redemocratização do País, citando como exemplo a anistia, a eleição de Tancredo Neves e a Constituinte de 1987.

Na Carta, assinada por toda a Executiva Estadual, é reforçada ainda as novas bandeiras de atuação partidária que foram formuladas com a ajuda de dirigentes e militantes de todo o Rio Grande do Sul durante “O PMDB que eu quero”. Participaram deste debate 5 mil correligionários pertencentes aos 497 municípios do Estado, entre os quais 140 prefeitos, 107 vices, 1.156, vereadores, e os deputados estaduais e federais. Eles foram mobilizados num total de 26 encontros regionais.


O senador Pedro Simon deu o seu aval para a permanência de Ibsen na presidência do PMDB –RS. “Uma das grandes lideranças gaúchas, que deu credibilidade ao partido, em todo o Brasil.” O senador lembrou a derrota nas últimas eleições para o governo e a prefeitura da Capital, mas salientou a importância da recuperação que esta sendo feita no partido.


Disse ainda que respeita o trabalho dos últimos governos federais, por elevarem o nível de desenvolvimento do país e colocarem o Brasil numa ótica positiva, internacionalmente. “As coisas estão encaminhadas, mas nunca houve no país uma fase de escândalos e de corrupção institucionalizada como atualmente . AS ONGs no mundo foram criadas com grandeza, no Brasil o cidadão cria uma ONG para roubar”, comentou.
Para Simon, resta definir o papel do partido. O senador também comparou a iniciativa “O PMDB que eu quero com antigos movimentos do velho MDB, com mobilizações como Diretas Já, Assembleia Nacional Constituinte, Anistia, Fim da tortura e liberdade de imprensa e declarou. “Essa situação insuportável que tem que terminar. Acho que hoje apontar rumo é muito importante e temos força e a autoridade de poder fazer,” disse acrescentando que o seu sentimento é de que as coisa vão avançar e vão mudar, com ética, seriedade e dignidade e que haverá uma purificação na realidade da política brasileira. Simon comentou também que analisa José Ivo Sartori, atual prefeito de Caxias do Sul, como grande candidato ao governo estadual. “Temos grandes lideranças e temos que levar adiante. Não tem partido mais forte, com mais seriedade e dignidade que o PMDB no RS. Tenho certeza que vai acontecer.”

O BRASIL QUE QUEREMOS


O Brasil dos últimos 20 anos tem-se aproximado cada vez mais do sonho histórico de fazer presente o País do Futuro.

Os avanços construídos têm várias causas e nenhuma delas é o acaso, mas sim o produto de ação política decidida e eficaz.

A primeira, a anistia, iniciou em 1979 o processo de reconciliação nacional, fundamento moral e político da redemocratização que se pretendia construir.

A segunda, a eleição de Tancredo Neves, em 1985, marcou a transição que iniciou o efetivo processo de relegitimação das instituições políticas.

A terceira, a Constituinte de 1987 que produziu, sob o comando de Ulysses Guimarães, a Constituição Cidadã de 1988.

O PMDB, na condição de ator principal, está na origem e na causa dessas três vertentes que romperam com o a ditadura e com o atraso, enfrentando não apenas a violência do autoritarismo mas também o oportunismo político que combateu todos esses avanços em disfarçada parceria com o arbítrio, embora não se pejem hoje de posar como herdeiros das conquistas que combateram e obstruíram.

Por fim, o PMDB protagonista dessas vitórias foi o parceiro leal e eficaz, com seu apoio e seus votos no Congresso Nacional, para a estabilização da economia, demonstrando sua capacidade de alinhar-se ao que é justo e correto.

Independentemente de eventuais responsabilidades governamentais, o PMDB não faz e nunca fez oposição ao Brasil.

O PMDB se opõe, no entanto, ao imobilismo que se seguiu a essas conquistas, desperdiçando-se a oportunidade histórica de introduzir mudanças que há décadas esperam pela vontade política de realizá-las.

Romper com a estagnação estatal exige posições afirmativas diante de questões nacionais agudas, como seguem:

1. - Necessidade de uma reforma política que resgate o papel dos partidos e quebre a lógica dos interesses setoriais embutidos numa falsa representação proporcional que, pelo mecanismo espúrio das coligações de legendas, patrocina a pulverização da vontade política nacional e engendra o surgimento de partidos de aluguel;

2. Distribuição equânime da riqueza comum do petróleo, que tem fundamento moral e jurídico capaz de ser o elemento introdutor de uma reforma tributaria

desconcentradora da renda pública, especialmente com a desoneração do consumo, cuja hipertrofia atua como elemento perverso privilegiador das regiões mais desenvolvidas;

3.- Compatibilização de indispensáveis políticas de proteção ambiental com a correspondente visão protetiva da atividade produtiva, especialmente no campo, para quebrar a lógica absurda que simplifica o confronto como se fosse a luta inglória entre a devastação e a intocabilidade, entre a moto-serra e o jardim botânico .

4. Restabelecer prioridades negligenciadas nos últimos anos relativamente à saúde, a educação e a segurança pública, sem falar na necessidade de retomar investimentos estruturais nas áreas de transporte, transformados em gargalos que constituem freios graves ao desenvolvimento, com a pre-condição de romper-se com o modelo aparelhador do estado que compromete sua eficácia e exacerba ao extremo as crescentes despesas de custeio.

Companheiros:

Estas considerações resumem, quase exemplificativamente, a imensa gama dos temas aflorados nas vinte seis edições da série "O PMDB que eu quero" e mais as trinta e seis promoções espontâneas das bases realizadas com a presença e assistência da Comissão Executiva regional, em iniciativas que, somados, ultrapassaram vinte e seis mil quilômetros percorridos no Estado.

A estes conteúdos se juntam manifestações setoriais e regionais cuja compilação haverá de fazer-se no espírito da visão nacional requerida pelo Congresso Nacional do Partido convocado para 08 de dezembro próximo, em Brasília, que reunirá os membros das executivas estaduais, do Conselho Nacional e do Diretório Nacional para a aprovação das propostas e bandeiras para as eleições municipais de 2012.

O Rio Grande estará presente com suas peculiaridades, algumas bem singulares, mas entre as quais avulta com orgulho a nossa histórica vocação nacional traduzida no seu invariável compromisso com o Brasil.

10 de nov de 2011

Simon lança livro “Sobre o país que queremos”

Uma reflexão sobre a realidade vivenciada no dia-a-dia, em contradição com uma visão de um país ideal, com justiça social e sem corrupção, é o tema do novo livro que o senador Pedro Simon (PMDB-RS) lança nesta 57ª. Feira do Livro de Porto Alegre, dia 10 de novembro, às 15h30min, na Praça Central de Autógrafos. “Sobre o país que queremos” traz artigos e comentários, muitos dos quais foram temas de discursos no Senado.



Para Simon, a impunidade vigente cria um ambiente favorável à corrupção e à apropriação privada dos recursos públicos. Segundo ele, leis mais rigorosas dificilmente são aprovadas no Congresso, como a que exige Ficha Limpa para registros de candidaturas. "Elas não são aplicadas sob os mais diversos pretextos”, avalia Simon.
Autor de discursos contundentes de denúncia dessa conjuntura, o senador Pedro Simon considera urgente uma mudança no modo de fazer política e, até mesmo, no comportamento de parcela significativa da população que, por alegado instinto de sobrevivência, vale-se no cotidiano do chamado “jeitinho brasileiro”.

Congresso Estadual do PMDB

O PMDB gaúcho reunirá toda a base partidária no Congresso Estadual que será realizado no dia 19 de novembro, na Câmara de Vereadores de Porto Alegre (Av. Loureiro da Silva, 255), entre as 9h e 14h. O maior encontro do partido em 2011 terá como meta, definir os rumos da legenda, especialmente em relação às suas bandeiras de atuação.
No encontro será apresentado o resultado final do debate travado durante a série de encontros “O PMDB que eu quero”, que de 2 de abril a 26 de outubro percorreu 15 mil quilômetros de estradas gaúchas, reunindo 5 mil correligionários dos 497 municípios do Estado.

Programação:

9h – Credenciamento

9h30 - Abertura oficial com o presidente Ibsen Pinheiro secretário-geral, João Alberto Machado (mensagem de boas-vindas e introdução do encontro).

10h - Tribuna Livre para base partidária.

11h30 - Pronunciamento deputados estaduais e federais, e demais líderes

12h30 - Apresentação de vídeo retrospectiva do programa "O PMDB que eu quero".

12h45 - Apresentação do relatório final do programa "O PMDB que eu quero" e lançamento da revista, com o secretário João Alberto Machado
13h15 - Discurso de encerramento com presidente Ibsen Pinheiro.

9 de nov de 2011

EDITAL DE CONVOCAÇÃO DO DIRETÓRIO MUNICIPAL 30/11/2011;(Quarta-feira),

Prezados Membros do Diretório do PMDB
Segue em anexo convocação para Reunião do Diretório, rogamos pontualidade, e em caso de ausência justificar na forma Estatutária para habilitarmos a votar o seu suplente. Peço a leitura do Estatuto nos casos de 3 ausências. o presente Edital também será publicado no Mural da Câmara na Sala do Líder da Bancada e Comunicado por escrito e por e-mail a todos os membros, se posssível com contra recibo. Publicado também em: www.pmdb-canoasrs.blogspot.com  visite a página e saiba das Reuniões de diretório, Executiva e a partir de Dezembro da Juventude, Movimento Negro, Mulheres e do PMDB Tradicionalista.


EDITAL DE CONVOCAÇÃO DO DIRETÓRIO MUNICIPAL
Pelo presente, a Comissão Executiva Municipal do PARTIDO DO MOVIMENTO DEMOCRÁTICO BRASILEIRO de CANOAS-RS, CONVOCA os Membros Titulares e Suplentes do Diretório, para Reunião Extraordinária do Diretório Municipal a ser realizada em 30 de novembro de 2011;(Quarta-feira), às 19 horas na Rua Frei Orlando 33 Sala 502 para deliberar sobre a seguinte:
Pauta:
a) Eleição pelo Diretório, em Votação direta do SECRETÁRIO GERAL; ( “Art. 29. § 4º. . § 5º.)

b)Estabelecimento do valor ou porcentagem da Contribuição Partidária aos filiados cfe. Art.100 Estatuto

c) Analise e deliberação de pedido de afastamento e ou desfiliação;

d) Assuntos Gerais

Ainda informamos que no caso acima de vacância do cargo de Secretário-Geral o Partido agirá de acordo com o artigo “Art. 29. § 4º. A vacância ocorre nos casos de morte, renúncia ao cargo, desligamento automático ou voluntário do Partido, ou expulsão. § 5º. As vagas que ocorrerem nas Comissões Executivas serão preenchidas por decisão dos respectivos Diretórios, no prazo de até 60 (sessenta) dias, contados da vacância, cumprindo o eleito o tempo de mandato restante. Os candidatos deverão ser membros do diretório ou suplentes destes, e deverão encaminhar oficio à Executiva Municipal do Partido até 48horas antes da reunião, candidatando-se a vaga.

Saudações Peemedebistas!

Canoas, 07 de novembro de 2011.

Executiva Municipal
Publicado no blog www.pmdb-canoasrs.blogspot.com, jornal da Mathias, por e-mail e por carta.

Reunião dos Pré-Candidatos do PMDB 11/11/2011










Fotos Elmi Bloss

2ª Reunião da Executiva do PMDB de Canoas Discutiu

Reunião da Executiva Municipal
Prezados(as) Senhores(as) da Executiva Municipal de Canoas:

O Presidente do PMDB de Canoas no uso de suas obrigações Estatutárias Convoca os Membros da Executiva Municipal de Canoas, incluindo os Vereadores da Bancada Mossini e Pateta para Reunião Ordinária, terça-feira dia 08 às 18h15 min  para tratar dos seguintes assuntos:

01-Reunião com Pré-Candidatos ( Sexta-feira, Todos Pré avisados por  e-mail e Telefone)
02-Jantar de Final de Ano (Relator Sec.Geral Marcio Antonio) Na Liga Canoense Ingressos R$ 15,00 com Banda após o jantar.
03-Contribuição partidária em atraso (Concedeu-se prazo de 20 dias para que os atrasados coloquem em dia suas contribuições na forma Estutária)
04-Assuntos Gerais  - Correspondência recebida do Sr. Paulo Enor Após análise fora autorizada desde que, todo e qualquer filiado possa participar. Pagt° da DARF-TRE-Faltam duas Prestações certamente até final de ano estará paga. Membros da Executiva assinaram a convocação do Diretório para dia 30, 19 horas, reunião pontual de tempo previsto regimental de uma hora, ainda em assuntos gerais, falou-se da necessidade de o PMDB buscarr em seus quadros mais 4 candidatas mulheres e 4 homens e se póssível mais alguns de reserva.O presidente  relatou que apesar dos esforços da Executiva alguns companheiros continuaram com suas filições sub-judice junto ao TRE e deverão comparecer lá para optar por qual partido irão concorrer dob pena de nulidade de suas filiações.
Atenciosamente
Marco Rosa
Presidente do PMDB de Canoas